Mães protestam na câmara de vereadores contra remanejamento da creche do bairro Trizidela para o centro de Balsas

Mães protestam na câmara de vereadores contra remanejamento da creche do bairro Trizidela para o centro de Balsas

Cerca de 20 mães de alunos da Creche Nossa Senhora das Graças, no bairro Trizidela, compareceram à sessão ordinária de câmara de vereadores de Balsas para protestar contra o remanejamento das crianças para a Escola São Pio X, que fica no centro de Balsas

Segundo Julinete de Sá, vó de duas crianças, a creche está no bairro há 40 anos e há 3 anos a prefeitura municipal anunciou uma reconstrução da creche e transferiu os alunos para um local improvisado, que vem funcionando há 3 anos.
“Nós mães estamos indignadas, tem mães que moram distante para levar e buscar todos os dias as crianças atravessando a ponte é um risco grande para essas crianças. Queremos que o prefeito olhe a nossa causa, porque tem mães que tem 3 filhos e não tem como sair da Trizidela para essa distância, longe de casa. E o risco de acidentes pois nenhuma das pontes é segura e nós estamos pedindo para os vereadores que nos ajudem. Queremos que a escola permaneça próximo a nossa casa que é um direito nosso. Lá tem a escola Nossa Senhora das Graças e tem o prédio que precisa de uma reforma que a prefeitura faça essa reforma. Creche tinha 116 crianças e neste momento só tem cerca de 50, porque as mães que não tem como fazer o translado da Trizidela para o centro, já desistiram e essas crianças vão ficar sem estudar, lá tem crianças especiais e como a mãe vai trazer essas crianças?” protestou Julinete Sá.

O procurador Geral do Município, Dr. Higino santos Neto disse que a mudança foi uma sugestão do Conselho Pedagógico que após fazer reuniões com a população da comunidade chegou à conclusão que o local onde estava funcionando. “Um local improvisado, com salas de difícil acesso, úmidas, sem ventilação, com pouca iluminação, enfim, um local insalubre, sem as mínimas condições de um bom aprendizado e a gestão pública pautada na responsabilidade e qualidade do ensino, fez apenas um remanejamento, mudando para um local melhor. Infelizmente temos um empecilho que é a travessia do rio que não pode ser visto com empecilho e o que mais importa é a qualidade do ensino e pensando nisso se fez o remanejamento da creche”, ressaltou.

O Secretário de Educação, Márcio Rego explicou que a mudança do local de funcionamento, se deu pois o imóvel anterior não oferecia condições de aprendizagem, conforto, segurança e saúde para estudantes e professores. “Foram realizadas desde o final do ano passado pelo menos três reuniões com os pais sobre as possibilidades de transferência dos alunos. A maioria entendeu a situação e concordou”. 

O Vereador Graciliano Reis disse que está havendo uma tentativa de se favorecer terceiros a pretexto da melhor qualidade de ensino sem se preocupar com o custo que recai sobre as mães e as crianças que não tem condições de se deslocar até o colégio Marista. “Algumas crianças moram distante. Se a gestão não tem condições de manter a creche no bairro Trizidela, as mães não tem condições de levar as crianças até o Colégio Marista”.

O Presidente da Câmara Municipal, Vereador Moises Coelho disse: “Fomos procurados pelas mães das crianças da creche do bairro Trizidela que não querem sair de uma escola que fica próximo de suas casas para outro local mais distante e nós nos colocamos a disposição da comunidade e vamos nos reunir com a gestão para que seja respeitado o que é o anseio da comunidade que a creche permaneça lá.” 

Ficou definido uma reunião para a próxima quinta-feira, 22, com a gestão, as mães e os vereadores para se decidir pela manutenção ou não da escola infantil no bairro Trizidela.

(Mesa Diretora da Câmara Municipal de Vereadores de Balsas)

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Skip to content